fbpx
vender ou alugar

7 dicas para vender ou alugar imóveis de forma mais rápida e prática

Toda vez que se decide vender ou alugar um imóvel, é preciso atentar-se para alguns fatores que podem representar desafios para uma negociação rápida e proveitosa. É importante adotar as estratégias adequadas para que esse processo seja feito da maneira mais ágil e prática possível.

Muitas questões influenciam na eficácia de uma boa tática de venda ou locação. No entanto, existem algumas medidas que você precisa tomar antes de fechar um novo negócio, seja de locação ou venda. Neste post, separamos 7 dicas para que você consiga efetivar uma transação eficiente, eliminando preocupações futuras. Continue com a gente e saiba quais são elas!

1. Mantenha a documentação em dia

Uma das principais providências a se tomar antes de colocar um imóvel à venda ou para locação é manter a documentação em ordem. Se esse detalhe não for observado atentamente, é provável que o seu negócio seja prejudicado.

Então, procure resolver qualquer pendência relativa ao imóvel antecipadamente. Verifique possíveis contas em atraso, bem como outros empecilhos que possam ameaçar o sucesso da negociação futura. Vale dar uma conferida no checklist abaixo e verificar alguns dos principais documentos a serem providenciados:

  • comprovante de quitação de contas do imóvel e IPTU;
  • registro do imóvel atualizado;
  • matrícula do imóvel atualizada;
  • certidões negativas;
  • documentos pessoais;
  • certidão da Justiça do Trabalho (feitos);
  • certidão de feitos, da Justiça Federal;
  • certidão do Distribuidor Civil;
  • declaração de quitação condominial (apartamentos).

2. Faça uma descrição detalhada

Essa parece ser uma tarefa simples, a julgar pelo tipo de foto que normalmente vemos nos portais. No entanto, é uma etapa do processo de venda ou locação que exige muita atenção, caso você queira passar a melhor impressão possível sobre o imóvel divulgado. E já que você conhece o seu imóvel melhor que ninguém, nada como detalhar o máximo as vantagens por ele oferecidas e de forma atrativa.

Assim sendo, destaque suas qualidades essenciais, além de descrever a metragem, a quantidade de cômodos, a possibilidade de financiamento (para venda), a existência ou não de área externa, de lazer e espaços comuns do prédio, caso se trate de um apartamento, e o que mais for conveniente. Mencione também as características do que existe ao redor, como meios de transporte, vizinhança, comércio, segurança etc.

3. Atente ao valor de mercado

Antes de pensar em definir o valor do imóvel, é preciso ter em mente que pedir um preço muito acima do mercado tem tudo para não dar certo e, na melhor das hipóteses, pode retardar muito uma oportunidade de venda. O mesmo é válido para as locações. Imóveis colocados para alugar com valores mais altos que a média permanecem vazios por mais tempo, principalmente em tempos de crise.

Diante disso, fixar um valor adequado e alinhado com a realidade do mercado ajuda muito na negociação de uma maneira que, geralmente acaba sendo justa e vantajosa para todos os envolvidos na transação. E como saber, na prática, de que forma aferir o valor da propriedade? A seguir, descrevemos algumas dicas que podem ajudar. Confira!

  • procure por imóveis semelhantes ao seu, na mesma região (ou outra parecida) e faça um levantamento dos valores. Sites de imobiliárias podem ser úteis;
  • verifique como é a localização do seu imóvel, levando em conta as facilidades ao redor, como escolas, transporte, comércio e outras;
  • considere as características individuais do imóvel, como as que citamos no tópico sobre descrição;
  • avalie o valor também pelo metro quadrado da região comparando com o seu;
  • considere o estado de conservação do imóvel.

Nessa lista, selecionamos algumas considerações que devem ser feitas. Dependendo de cada caso, ainda se deve levar mais alguns aspectos em conta, lembrando que a ajuda de profissionais especializados no assunto pode ser muito útil e poupar o seu tempo.

4. Solicite as reformas necessárias

Para vender ou alugar um imóvel mais rapidamente é preciso apresentar um local agradável e bem cuidado para os interessados. Isso nem se discute, ainda mais se a propriedade já não é tão nova, o que provavelmente, exigirá melhorias.

Se aparecer um eventual interessado em comprar o seu imóvel ele perceberá cada detalhe, que muitas vezes, consideramos irrelevantes. No entanto, em muitos casos, esses detalhes podem ser motivos de desistência por parte de um comprador ou candidato a locatário. É importante entender que os pequenos detalhes que demandam reparos podem se transformar em gastos expressivos para quem compra ou aluga. E ninguém quer arcar com essas despesas.

Lembre-se de que o imóvel ainda é teu e não é uma boa ideia deixar os investimentos em reformas apenas quando decidir vender ou alugar. Mantenha em dia a fiação elétrica, a parte hidráulica, a pintura, portas e janelas, cerâmicas dos banheiros, pisos, telhados, enfim, tudo o que não estiver com bom aspecto ou funcionando mal. Valorize o que é seu para que os outros reconheçam esse valor.

5. Capriche nas fotos

Está cada dia mais comum a procura por imóveis pela internet antes de ir até o local físico. Primeiro o interessado faz uma busca pelos bairros de que mais gosta, verifica a localização, o valor, as fotos do imóvel, e é sobre isso que falaremos nesse tópico.

As fotos devem mostrar tudo o que interessa e valorizar as melhores qualidades do lugar. Então, nada de bagunça ou objetos desnecessários compondo o cenário, como utensílios de reformas (pincéis, latas de tinta etc). O local já deve estar pronto, acabado e limpo para aparecer em fotos.

Preste muita atenção na qualidade das fotos, sua resolução, ângulos, nitidez e detalhes. E nada de fotos tremidas, embaçadas ou distorcidas. Aproveite, também, uma iluminação que valorize o ambiente para não passar a impressão de que o lugar é sombrio ou frio. Isso conta muito.

6. Ofereça um bom atendimento

Outra dica que não pode deixar de ser aplicada é o bom atendimento. Essa também pode ser uma questão decisiva para potenciais compradores ou locatários. E bom atendimento inclui diversos elementos: rapidez para dar retornos, interesse nas necessidades do cliente, conhecimento sobre os processos transacionais, disponibilidade de negociação.

Então, telefonemas, mensagens no WhatsApp e e-mails precisam ser respondidos em um dia, pelo menos. Quando tiver de fazer uma visita presencial, não se esqueça de ter em mãos um cartão de visita com todos os seus contatos, lembrando-se de incluir o máximo de canais disponíveis a fim de viabilizar melhor o fechamento de contratos.

7. Conte com a tecnologia

Por fim, destacamos a importância da automatização e integração de processos como forma de agregar uma gestão de alta performance para o bom funcionamento dos seus negócios. O mercado oferece uma infinidade de alternativas e a melhor escolha nem sempre é fácil de fazer ou encontrar, principalmente quando se busca uma solução para atender as demandas de forma integral.

Com a CredPago o seu processo de locação ou venda de imóveis certamente será facilitado e o seu cliente terá acesso mais rápido e preciso ao que procura e sem burocracia. Por meio do simulador CredPago, você pode rapidamente identificar e oferecer os imóveis ideais para cada cliente, já que é necessário apenas indicar a cidade, o tipo de imóvel, as vagas de garagem, quantidade de quartos, além de outros itens que favorecem a localização da unidade pretendida.

Com as novas tecnologias disponíveis, agora está muito mais fácil e cômodo para vender ou alugar, proporcionando a oferta exata para os clientes. Com a CredPago é tudo muito prático e rápido.

Se você está procurando algo mais tecnológico para a sua imobiliária, não perca mais tempo, entre em contato com a nossa equipe agora mesmo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.