Como funciona o marketing de indicação para corretores imobiliários

Para as empresas que desejam se diferenciar no mercado, é indispensável investir em boas estratégias de marketing. Isso não vale apenas para o âmbito digital. A partir do segmento em que atua, a empresa deve analisar onde faz sentido aplicar verba e, dessa forma, assegurar mais oportunidades de crescimento e lucratividade. Uma das maneiras mais sutis de fazer isso — embora igualmente eficiente — é o marketing de indicação. Essa estratégia pode ser um recurso muito importante para as empresas, inclusive para o corretor de imóveis. Vamos entender mais sobre esse assunto?

O que é marketing de indicação?

O marketing de indicação nada mais é do que o popularmente conhecido “boca a boca”. Diferente do que se pode pensar, ele exige sim investimento, mas em outras partes do processo, para que o resultado final valha a pena.

Hoje em dia, comprar um produto ou serviço pela internet está cada vez mais comum, especialmente considerando que as grandes empresas têm oferecido benefícios muito vantajosos para quem baixa seu aplicativo ou realiza compras via site. Porém, antes disso, os consumidores têm adotado uma prática relevante: pesquisar a organização por trás daquela venda.

Assim, de acordo com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e o Serviço de Proteção ao Crédito, que se uniram para realizar o estudo em 2019, 97% das pessoas entrevistadas buscam informações sobre a empresa e/ou produto antes de fechar a compra. Quando se trata de um serviço, como a compra de um imóvel, a realidade não é muito diferente.

Por isso é tão importante investir na estratégia de indicação, de modo que o cliente estabeleça com a empresa, desde o princípio, um vínculo e uma relação de confiança.

Por que investir em marketing de indicação no ramo imobiliário?

Você deseja se mudar e está pesquisando novos imóveis em um aplicativo. Acaba desistindo por não encontrar um que reúna todos os requisitos que procura. Decide, por fim, conversar com um amigo que passou pela mesma experiência recentemente. Vocês trocam ideias sobre uma empresa específica, mas ele acaba lhe indicando o corretor que o ajudou nessa fase. Qual dos dois vai ter mais relevância para você?

Um estudo da Nielsen, empresa global especializada em pesquisa de dados, apurou que um serviço tem 4 vezes mais chance de ser considerado quando já foi vivenciado por um amigo. Dessa forma, as indicações podem contribuir para aumentar as vendas e a margem do seu negócio, diminuindo o custo de aquisição de cliente. Além disso, essa estratégia possibilita fidelizar não só os seus clientes atuais, como também os indicados. Percebe por que vale a pena investir em um programa de indicação na imobiliária?

Como começar a estratégia de marketing de indicação?

O diferencial dessa estratégia é que ela não exige um investimento direto. Para que ela funcione, outras ações (que dependem de financiamento) são necessárias, como a experiência do cliente. O motivo é simples: um cliente que se sente bem atendido e assistido facilmente vai recomendar seu negócio a um amigo ou parente, bem como falar bem dele nas redes sociais. Confira como aplicar esse recurso na sua empresa:

Invista na experiência do cliente

Trata-se de um movimento que envolve todo o mercado, independentemente do segmento. Uma pesquisa feita pela Track.co, uma startup que monitora e gerencia indicadores de experiência do cliente, constatou que mais de 70% das companhias pretendem começar (ou continuar) a investir em experiência do cliente este ano.

As organizações estão cada vez mais conscientes sobre a relevância da opinião de seus consumidores e da importância que eles dão a quem lhes dá ouvidos. Por isso, esse tipo de ferramenta é indispensável para quem quer colher os frutos do recurso das indicações.

A área de Customer Experience — ou simplesmente CX — é uma das que mais crescem e exigem profissionalização atualmente. Isso demonstra a grande oportunidade que é investir no setor, proporcionando inovação e aperfeiçoamento para qualquer negócio.

Produza conteúdo de qualidade para as redes sociais

Uma grande parceira do marketing de indicação é o marketing de conteúdo. Os corretores de imóveis podem criar um perfil profissional nas principais redes sociais e usá-las para compartilhar conteúdo de qualidade. Esse conteúdo pode vir do blog da imobiliária, caso faça parte de sua estratégia, ou de forma mais simples, divulgando notícias relevantes relacionadas à profissão ou ao mercado, como atualizações do IGP-M, atualizações sobre juros de financiamento etc.

Esse tipo de ação comprova ao cliente que o profissional é engajado e atualizado sobre o setor no qual atua, mantendo-se sempre informando e melhor: preocupando-se em levar informações importantes a quem faz negócios com ele. O ideal é construir uma estratégia de conteúdo e segui-la, respeitando horários e definindo prazos estratégicos sem perder o timing.

Faça bom uso do CRM

Sabe aquele corretor que esquece o cliente depois de fechar negócio? Não seja esse profissional! A dica anterior e esta complementam-se nesse sentido: o pós-venda é tão relevante quanto qualquer outra fase da venda. Quem não gosta de se sentir lembrado e querido? Certamente seu cliente preza por isso!

Faça-se presente! Use o CRM a seu favor. Conseguiu fechar um contrato? Se a comissão permitir, envie um presente de boas-vindas para o proprietário. Ele está completando um ano no imóvel? Mande outro mimo simbólico. Não precisa ser nada exagerado, o objetivo é se fazer presente — sem ser inconveniente — e fortalecer esse relacionamento a longo prazo. Aproveite a ocasião para se manter disponível, perguntar se pode ajudar em algo, se está gostando da experiência etc.

Incentive sua promoção com ajuda dos clientes

Eles podem fazer isso naturalmente, mas não custa nada pedir, não é? Quando se está oferecendo um bom serviço e experiência, o corretor se sente mais à vontade para sugerir a indicação. Se essa abertura não existir, é possível oferecer um bônus ou desconto ao cliente que levar um amigo ou familiar.

Isso, inclusive, pode funcionar como um benefício para a imobiliária realizar parcerias com outras empresas de outros segmentos, como arquitetura, design de interiores etc. Dessa forma, as duas podem se beneficiar do processo e ampliar a carteira de clientes.

Agora que você já sabe dos benefícios e da importância do marketing de indicação, já pode colocar em prática essas dicas para que o cliente não apenas se lembre do seu negócio, mas se sinta inclinado a indicá-lo, quase que automaticamente quando a oportunidade aparecer!

Você já teve alguma experiência com esse tipo de marketing? Seus clientes costumam indicar a imobiliária onde você trabalha e seus serviços? Deixe um comentário para a gente, contando sua experiência!

Cadastre-se para receber conteúdo exclusivo

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

2 Comentários

  1. Uma beleza, Gostei muito do seu artigo, somente para complementar, tem um programa chamado: Software PCG, esse programa é um agregador de sites de classificados, nele tem mais de 340 sites de classificados grátis onde você pode anunciar, usando esse Software você pode anunciar de forma automática nesses sites, vale muito a pena usar ele deixa seu trabalho bem mais rápido além de te dar uma lista que sempre é atualizada com sites atuais, com esse programa você consegue obter trafego orgânico e assim receber visitas dos buscadores como o Google e outros, eu sempre usei esse programa para fazer anuncios e faço vendas praticamente usando apenas ele. Fica ai a sugestão… Seu texto me ajudou muito. Que tenhamos um lindo dia

    1. Olá, Roberto. Boa tarde!
      Muito obrigado pelo seu feedback e pela sugestão! Gostamos da dica e tomara que possa ajudar a outros corretores imobiliários que passam por aqui.
      Grande abraço!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.