Assinatura digital de contratos: como funciona

Como funciona a assinatura digital de contratos?

Assinar documentos faz parte da rotina de corretores e imobiliárias. Mas são tantos documentos e idas ao cartório que se torna necessário pensar em alternativas mais ágeis, não é mesmo? Daí a importância de soluções como a assinatura digital de contratos! 

A assinatura digital foi regulamentada pela Medida Provisória nº 2.200-2 e possui a mesma validade jurídica que qualquer assinatura manuscrita. Ela foi impulsionada pela pandemia e promete ficar, já que possibilita controle, segurança e rapidez, libertando os envolvidos de processos lentos e demorados.

Então se você quer entender mais sobre o assunto, acompanhe o artigo abaixo. Reunimos tudo o que você precisa saber sobre assinatura digital de contratos, desde o que é e como funciona até as principais vantagens. Boa leitura!

O que é assinatura digital?

A assinatura digital é uma tecnologia que faz uso de criptografia para atribuir autenticidade aos documentos no ambiente virtual. Isto é, trata-se de uma identidade eletrônica que pessoas e empresas podem utilizar para comprovar sua autoria na concordância com um fato ou compromisso.

Esse tipo de assinatura passou a ter validade jurídica em 2001, com a criação da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil). Dessa forma, os documentos assinados digitalmente passaram a valer tanto quanto os documentos assinados de próprio punho.

O principal objetivo da assinatura digital é desburocratizar processos, garantindo agilidade e plena segurança aos documentos assinados digitalmente. 

A pandemia de Covid-19 acelerou a assinatura digital devido à necessidade de serviços sem contato físico ou deslocamento. Logo, se muitos gestores não conheciam essa assinatura ou tinham receio de utilizá-la, ela se popularizou enquanto uma alternativa para não paralisar os negócios. 

Apenas para você ter uma ideia, o mercado de assinatura digital e eletrônica teve um crescimento de 10% em 2020, atingindo a marca de 6 milhões de certificados digitais emitidos em apenas um ano, segundo o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI).

Como funciona a assinatura digital de contratos?

A assinatura digital de contratos funciona a partir de uma chave criptografada, que é gerada e se torna exclusiva de cada signatário. Dessa forma, quem assina deve ter um certificado digital emitido por uma Autoridade Certificadora para que possa comprovar a posse da chave.

Essa técnica potencializa a segurança das informações, na medida em que os documentos são criptografados, inalteráveis e salvos na nuvem. Assim, caso for detectada qualquer alteração, a tecnologia automaticamente invalida a assinatura fixada.

Mas para ter valor legal, a assinatura digital de contratos deve atender a três regras básicas:

  • Integridade – Garantir que o documento não foi adulterado ou fraudado;
  • Autenticidade – Identificar quem assinou, a partir do uso de uma chave criptográfica;
  • Registro da assinatura – Constar a data de quando foi feita e de que forma.

Em um cenário onde grande parte dos documentos estão no ambiente virtual e os clientes desejam soluções ágeis, surgiu a necessidade de validar as informações do mesmo modo que as assinaturas manuscritas. Logo, se torna uma alternativa interessante para implantar no setor imobiliário!

Diferença entre assinatura digital e assinatura eletrônica

Apesar de serem conceitos semelhantes, existem diferenças entre a assinatura digital e a assinatura eletrônica. O primeiro ponto que você precisa saber é que ambas as assinaturas são juridicamente válidas, de acordo com a Medida Provisória 2.200-2, que citamos anteriormente.

A diferença entre elas é que a assinatura eletrônica é uma forma de assinar documentos eletrônicos sem a utilização de criptografia, ou seja, não requer um certificado digital. 

No lugar do certificado digital, ela utiliza uma série de outras evidências para identificar quem assinou o documento como:

  • biometria;
  • endereço;
  • e-mail;
  • login e senha.

Em contrapartida, a assinatura digital utiliza criptografia e exige um certificado digital assinado por uma Autoridade Certificadora credenciada ao ITI e ao ICP-Brasil. 

Assinatura digital de contratos: o que é e quais as vantagens

Vantagens de utilizar a assinatura digital de contratos

A assinatura digital de contratos se tornou um elemento fundamental para a digitalização de imobiliárias e, claro, uma grande vantagem competitiva. Abaixo, listamos alguns benefícios de utilizá-la no seu dia a dia!

1- Alta produtividade

De acordo com um estudo realizado pelo IDC (International Data Corporation),  os colaboradores perdem, em média, 4 horas por semana apenas assinando documentos de forma manual. Isso significa 208 horas por ano totalmente despendidas com a assinatura manuscrita!

Nem precisa dizer o quanto essa tarefa acaba atrapalhando a produtividade, não é mesmo? A boa notícia é que com a implantação da assinatura digital de contratos, a sua imobiliária consegue acabar com esse problema e ainda alavancar a performance da equipe. Ou seja, você e o seu cliente ganham com a agilidade e podem assinar contratos de qualquer lugar!

2- Redução de custos

Você já se perguntou quanto a sua imobiliária gasta com a impressão de contratos diariamente? Com tantas tecnologias disponíveis no mercado, é fundamental questionar até que ponto vale a pena continuar arcando com esses custos.

A assinatura digital de contratos, por exemplo, possui a mesma validade jurídica que qualquer assinatura manuscrita e permite reduzir custos de forma significativa, sem prejudicar as atividades da empresa.

3- Segurança das informações

Os documentos físicos podem ser alterados e facilmente acessados por qualquer pessoa, sem falar que não existe uma forma de saber com precisão se a assinatura que ali consta é mesmo do signatário.

Em contrapartida, a assinatura digital de contratos se destaca por oferecer total segurança das informações. Isso porque ela funciona a partir de chave criptográfica e identifica rapidamente qualquer mudança no documento.

Além disso, alternativas como a assinatura eletrônica trabalham com biometria, tokens e senhas para potencializar ainda mais a proteção dos dados de todos os signatários.

CredSign: conheça a melhor plataforma de assinatura eletrônica para corretores e imobiliárias! 

Vimos, neste artigo, como funciona a assinatura digital de contratos e as vantagens de implantar essa tecnologia no setor imobiliário. 

Muito mais do que acelerar a autenticação de documentos, a assinatura digital pode garantir a satisfação do cliente, independente se ele deseja vender, alugar ou comprar um imóvel. Afinal, soluções ágeis e inteligentes são o futuro!

Por isso, se você deseja alavancar sua imobiliária e ter uma rotina muito mais produtiva, precisa conhecer o CredSign. Desenvolvido especialmente para corretores e imobiliárias, o CredSign é a melhor plataforma de assinatura eletrônica do mercado.

Com ela, você pode economizar o tempo de deslocamento até o cartório e aproveitar as facilidades de assinar contratos de forma digital e com validade jurídica comprovada. Saiba mais como o CredSign funciona e fale com nossos especialistas!

Cadastre-se
para receber
conteúdo
exclusivo

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.